sexta-feira, 22 de abril de 2011

Blog do Luis Cardoso


Aproveite o feriado para fazer a declaração do Imposto de Renda

Brasil
Marcos Cézari
Folha.com
Quem ainda não fez a declaração do Imposto de Renda deste ano pode aproveitar os feriados para prestar contas ao fisco.
Segundo a Receita Federal, aproximadamente 11 milhões de contribuintes ainda não enviaram a declaração deste ano.
Esse número representa quase a metade dos 24 milhões de declarações que o fisco espera receber.
Passado este final de semana, os contribuintes terão apenas os cinco dias úteis da próxima semana para acertar as contas com o leão.
Como acontece desde 1996, o prazo de entrega não será prorrogado pela Receita Federal. Com base no que ocorreu nos últimos anos, o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, prevê que 10 milhões de contribuintes deixarão para entregar na última semana. Desses, 7 milhões devem entregar nos três últimos dias.
De acordo com Adir, embora os computadores da Receita tenham capacidade para receber cerca de 4 milhões de declarações por dia, não está descartado um possível congestionamento na internet –especialmente no final da tarde e no início da noite do dia 29–, se muitos contribuintes deixarem para declarar no último dia.
No ano passado, 2,78 milhões de contribuintes entregaram a declaração do IR no último dia, também uma sexta-feira. Adir alerta os contribuintes para que evitem enviar a declaração na última hora.
De acordo com ele, é perigoso deixar a declaração para a última hora se o contribuinte ainda não reuniu os documentos. “Pode ocorrer um problema com o computador ou pode faltar um documento importante”, afirma Adir.
Diariamente, entre a 1h e as 5h, o sistema de transmissão da declaração fica fora do ar para manutenção. Mas os programas de preenchimento e de envio da declaração podem ser baixados a qualquer momento.

TSE cancelará cerca de 54 mil títulos eleitorais no Maranhão

Política
Jornal Pequeno
54.491 títulos eleitorais serão cancelados no Maranhão, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a partir do próximo mês. Esse foi o total de eleitores que deixaram de votar em três turnos de eleição consecutivos e não terem comparecido aos cartórios no prazo estabelecido para regularização, encerrado na quinta-feira, dia 14.
Desde outubro de 2008, estavam em situação irregular com a Justiça Eleitoral no estado mais de 56 mil maranhenses. Em 60 dias – tempo determinado pelo TSE para regularização do título – 2 mil eleitores no estado regularizaram o título. Nos dois últimos dias do prazo final para regularização do título de eleitor, apenas 513 maranhenses compareceram aos cartórios para justificarem a ausência nos três últimos pleitos.

Edivaldo Holanda Júnior avalia infraestrutura do estado do Maranhão

Política
Nesta terça-feira, o deputado federal Edivaldo Holanda Júnior utilizou a tribuna da câmara para avaliar a situação da infraestrutura no estado do Maranhão.
Para o parlamentar Holanda Júnior a questão de infraestrutura é um requisito fundamental para o desenvolvimento sustentável de uma cidade, de um Estado ou de um País. Segundo dados do Ministério dos Transportes o Maranhão conta com cerca de 55.000 quilômetros de estradas cortando o território. Desse total, 48.000 quilômetros são de vias não pavimentadas e pouco mais de 7.300 quilômetros são de rodovias, das quais 3.250 quilômetros estão sob jurisdição federal, distribuídos em onze rodovias que cruzam o Estado, “é preciso investir em projetos de melhoria e ampliação da malha rodoviária existente”, destacou Edivaldo Holanda Júnior.
Outro importante modal para a dinâmica da economia maranhense é o transporte ferroviário, que serve o Estado com três ferrovias: a Estrada de Ferro Carajás, a Companhia Ferroviária do Nordeste e a Ferrovia Norte-Sul, na qual foram investidos perto de 500 milhões de reais nos últimos anos. O trecho maranhense já está operando desde 1996, mas só agora a Ferrovia Norte-Sul vem ganhando o impulso necessário para a conclusão de todo o seu percurso, tornando possível o transporte dos grãos produzidos no Centro-Oeste até o Porto do Itaqui.
No transporte aquaviário, o Maranhão conta com quatro hidrovias e três portos, sendo o Porto do Itaqui um dos mais importantes do País. A localização privilegiada no território brasileiro, em razão da proximidade como os grandes mercados consumidores, e a facilitação de acesso ferroviário, fazem do Porto um dos mais promissores do País. Por isso, recebeu atenção especial do Governo Federal, que lá investiu cerca de 250 milhões de reais nos últimos anos.
No transporte aéreo, as empresas aéreas operam vôos regulares apenas nos aeroportos de São Luís e Imperatriz. O Aeroporto de São Luís encontra-se em estado de calamidade, após a interdição do terminal de passageiros para obras de manutenção não programada. Reunido com o presidente da Infraero o deputado Edivaldo Holanda Júnior cobrou celeridade na conclusão da obra e sugeriu às autoridades federais a construção de um novo aeroporto na cidade de São Luís.
Por fim, o deputado Holanda Júnior disse: “quero que o povo maranhense saiba que trabalhamos intensamente para que os projetos previstos se concretizem e o Maranhão recupere o seu papel de protagonista no cenário econômico nacional, proporcionando ao povo a oportunidade de um crescimento sustentável e perene”, concluiu o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário